Garanta o seu futuro, antes de garantir a do seu filho

bebe

Quando nos tornamos pais, é comum ouvirmos por aí de que abrimos um plano de previdência privada no nome do filho com o intuito de garantir o seu futuro. Esse singelo gesto de amor, de preocupação e de esperar por um futuro melhor é lindo… mas tenho que perguntar: e pra você? Você tem um plano para a sua aposentadoria?

Não estou dizendo para não pensar no futuro dos filhos. Afinal, quem não gostaria de ver os filhos felizes, realizando sonhos, com o “futuro garantido”?

O problema começa quando os pais pensam somente no futuro deles, esquecendo do seu próprio futuro, que chegará muito antes do deles.

Além da reforma da previdência que está chegando, temos um outro porém: nós viveremos por mais tempo. E com isso trabalharemos por mais tempo, aposentaremos mais tarde e ainda ganharemos (se não morrermos antes) uma aposentadoria pífia.

Sem contar com a possibilidade de ficarmos desempregados. Já parou para pensar que teremos jovens entrando no mercado de trabalho, junto com a constante automatização da mão-de-obra, e idosos trabalhando com um salário bem mais alto do que um salário inicial de um jovem? Na hora da demissão, adivinhe quem a empresa irá demitir? O jovem com cabeça fresca e que ganha pouco, ou nós, com cabeça mais lenta, ganhando mais? Não haverá vaga de emprego para todos e isso poderá gerar a nossa demissão.

Caso essa situação venha a acontecer, quais serão os seus planos? Como irá se sustentar? Como irá sobreviver? Como irá pagar suas contas? Seus remédios?

O melhor presente que podemos dar para os nossos filhos, é não depender financeiramente deles. Já deve ter percebido que há situações em que muitos pais precisam ajudar os filhos financeiramente.

Imagine se você estiver contando com o dinheiro do seu filho, que ainda nem se tornou adulto, e do salário que ele ainda nem recebeu, para garantir a sua própria sobrevivência?

Os gastos na terceira idade naturalmente costumam aumentar: plano de saúde, remédios, e gastos por ter mais tempo livre, consequentemente mais lazer…

Se esse for o seu caso, repense. Talvez esteja na hora de pensar primeiro no seu futuro, antes de pensar no futuro dos filhos.

~ Yuka ~

Anúncios

10 comentários em “Garanta o seu futuro, antes de garantir a do seu filho

  1. Aqui em casa meu pai nunca teve essa preocupação de fazer uma poupança para nós. Acredito que porque não era moda na época (sou um pouco mais velha que você). Há 40 anos atrás, quando meu avô morreu, ele ajudou a mãe com os filhos menores e inclusive os irmãos com idade próxima a dele. O tempo casou, todo mundo casou e teve filhos. Mas até hoje acham que meu pai tem obrigação de ajudar financeiramente porque é “rico” (funcionário público aposentado). Só recentemente ele conseguiu se libertar disso (cortou qualquer ajuda aos irmãos), porque ele é o único que cuida da minha avó que sofre de demência (os outros filhos a abandonaram e alguns querem tirar proveito da aposentadoria dela, tinha uma que ia visitá-la e a roubava mesmo). Enfim, tenho grande mágoa desses parentes e um pouco do meu pai (por não ter sabido dizer não), pois creio que eu e meu a irmãos poderíamos ter tido uma vida melhor (mais conforto e acesso a cursos, as crianças riam de mim na escola particular por estar sempre com roupa velha). Mas ultimamente ele está com mais consciência justamente por ver a situação da mãe idosa (e o quanto os parentes são interesseiros, nunca ligaram para o aniversário dele, só querem dinheiro). Tenho conversado com ele sobre a minha mãe e ele estarem envelhecendo (felizmente eles têm uma boa aposentadoria, mas as despesas do plano de saúde da vovó são altas).

    Curtir

    • Oi Carol, na nossa época, os pais realmente não faziam poupança. Na verdade, sustentar-se já era um desafio. Fiquei feliz em saber que seu pai conseguiu se libertar das amarras da dependência financeira dos seus parentes. Ter você por perto pelo jeito está fazendo a diferença para ele, você tem essa consciência sobre as finanças, sobre planejamento, prioridades, e mostrar a sua realidade para ele é o que pode ter motivado a mudança. Não é fácil dar um basta aos parentes e irmãos, e seu pai conseguiu!!! Beijão.

      Curtir

  2. Oi Yuka,
    Muito legal este texto… Ótimo para refletir algumas ações para com nossos filhos: “O que eles precisam?”, “O que quero para mim?”, são perguntas que poucas vezes fazemos a nos mesmos…
    Muitas vezes pensamos só nos filhos, assim acabamos mal acostumando eles a ponto de acharem que tudo é fácil, as coisas vem fácil, mas na verdade não é assim que funciona, temos que estudar e trabalhar duro para termos uma vida boa e estável…

    Curtir

    • Oi Juvanca, é bem por aí mesmo, a gente tem a tendência de ir pelo caminho mais fácil, os filhos também. Se eles receberem tudo de forma fácil, enquanto os pais se matam de trabalhar, os filhos não irão saber valorizar. Há uma frase que eu gosto muito do Hodding Carter Jr.: “Existem duas heranças duradouras que podemos deixar para nossos filhos. A primeira são raízes. A segunda são asas.” Beijos.

      Curtir

  3. Penso exatamente assim. Primeiro nós depois os filhos. fiz uma boa reserva financeira pra depois ter filho, atualmente também o mantenho em creche publica (ótima por sinal) e faço festinhas simples sem buffet e etc… esse dinheiro economizado pretendo investir mais pra frente numa educação de qualidade, quero pagar uma boa escola pra ele entrar numa boa faculdade e essa será minha grande herança financeira pra ele (outra herança será educação, valores amor e etc… ). Mas quero deixar algum patrimônio também, tenho 2 casinhas de aluguel que penso que será minha aposentadoria e talvez a dele…

    Curtir

    • Penso igual você Andrea. Vou poupando todos os meses, porque sei que vai chegar um momento da minha vida, que o montante do meu patrimônio será suficiente para continuar crescendo sozinho, mesmo sem os meus aportes. 😀

      Curtir

  4. Oi Yuka,
    Gostaria de pedir um post sobre: Ovos de páscoa: Tá custando 700 reais o kilo do kinder ovo… (ovo de 100g por 68 reais)… Meu filho nem gosta de chocolate, só gosta de bis e uns 2 tá bom pra ele!! tô querendo comprar um brinquedo e embrulhar tipo ovo de pascoa!!!

    Curtir

    • Gente do céu, que preço surreal é esse!!! Vou ver se escrevo um post sobre o assunto… semana passada fui na 25 de março comprar umas formas pra fazer ovinhos de chocolate. E olha que eu nem sabia que ovo de Páscoa estava tão caro, mas eu tinha decidido que esse ano eu faria alguma coisa manual para as meninas. Se der tempo, posto entre essa semana e semana que vem. O meu vai sair bem barato rs e tenho certeza que as crianças vão adorar!!! Beijos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: