Alimentação: 16 dicas para economizar sem sacrifícios

Uvas, Cacho, Frutas, Exploração, Colheita, Maduro

Como andam seus gastos de alimentação?

Os meus não estão nada baratos, mas é por um motivo justo: introdução dos alimentos orgânicos.

Então aqui vou dar dicas do que tenho feito para economizar na alimentação, sem sacrifícios:

1.) Aproveite talos e cascas para fazer caldo de legumes

Essa eu aprendi com a minha mãe e também com uma chef de cozinha que fazia a mesma coisa para alimentar sua família de forma saudável, sem desperdício.

Sabe aquelas cascas de legumes e verduras que vão para o lixo? No meu caso, eu guardo tudo num pote de sorvete que fica no freezer. Guardo talos de espinafre, de couve-manteiga, de brócolis, cascas de batata, cenoura, alho, cebola, tudo que basicamente iria para o lixo orgânico, eu armazeno no meu pote.

Imagem2

Quando o pote fica cheio, eu coloco numa panela de pressão cobrindo com água e deixo por uns 20 minutos. Escorro o caldo, espremo bem os vegetais para soltar mais caldo e guardo no congelador em cubos de gelo.

Imagem1

Agora vem o pulo do gato. Em que situações eu uso?

  • Ao invés de usar água para cozinhar o feijão, uso o caldo.
  • Ao invés de usar água para fazer carne de panela, uso o caldo.
  • Ao invés de acrescentar água para amolecer uma abóbora (ou um brócolis, ou um chuchu) que está sendo refogada, uso o caldo.
  • Ao invés de usar caldo industrializado para fazer um risoto, uso o meu caldo caseiro.
  • Ao invés de usar água para fazer canja, uso o caldo.
  • Ao invés de fazer missoshiru com água, uso o caldo.

Basicamente no lugar de usar água, eu uso o caldo. Assim, mesmo oferecendo uma refeição básica, há diversos legumes e verduras embutidos dentro da minha comida graças ao meu caldo.

Na minha família, raramente ficamos doentes.

2.) Faça um cardápio semanal (no meu caso, de 3 dias)

Eu sempre tive muita preguiça em fazer o cardápio semanal, porque nunca dava certo. Eu comprava os ingredientes, só que ao longo da semana, me perdia toda na organização. No dia que estava planejado o estrogonofe, eu tinha vontade de comer feijoada. No dia que era para eu comer peixe, tinha vontade de comer ovo. Além de não saber lidar com as sobras. E ainda surgia a dúvida, como vou preparar mais comida, se ainda havia sobras na geladeira?

E com isso eu acabei adaptando o meu cardápio semanal para cardápio de 3 dias. E deu certo. Como o período é curto, consigo prever com mais facilidade, e os gastos com alimentação deu uma boa reduzida. Esse cardápio de 3 dias, muitas vezes acaba virando de 4 dias, 5 dias, dependendo da quantidade que comemos.

3.) Aproveite as promoções de produtos não-perecíveis

Na minha casa, não sei o que acontece, mas azeite e manteiga é uma coisa que consumimos bastante. E com isso, quando esses itens entram na promoção, aproveito e faço um estoque que dura meses!

4.) Compre na quantidade certa

Essa dica parece ser bem óbvia, mas não é que é difícil de acertar? Eu tento comprar na quantidade certa que dura uns 3 a 4 dias, por causa do meu cardápio de 3 dias.

5.) Aproveite os ossos para fazer caldo

Sabe aquele osso que você despreza quando limpa o frango? Adivinhem? Vira caldo. Meu freezer está cheio dessas coisas. Outro dia fiz canja de galinha com o caldo de galinha que a minha mãe sempre faz e deixa estocado no meu freezer. Não usei água. Só o caldo de galinha da minha mãe e o meu caldo de legumes. Ficou super saboroso, além de nutritivo

6.) Aproveite o soro que sobra quando fizer iogurte caseiro

Captura de Tela 2019-10-25 às 07.14.48

Esse soro (é o whey protein!) tem diversos nutrientes que podem ser aproveitados:

  • uso para deixar os grãos de molho (feijão, grão de bico)
  • uso substituindo o leite pelo soro quando faço bolo, pão
  • quando faço um omelete, coloco 1 colher de sopa para enriquecer
  • purê de batata? Ao invés de usar leite ou creme de leite, uso o soro
  • quando vou empanar um bife, acrescento um pouco deste soro no ovo.

7.) Use o freezer como aliado

Tem alguns pratos que eu gosto de fazer a quantidade dobrada, como o quibe recheado, feijoada.

Também tenho costume de preparar a massa do cookie e congelar em pequenas porções, assim, sempre tenho cookies quentinhos saindo do forno, disponíveis para comer a qualquer momento do dia.

8.) Transforme as sobras usando criatividade

A carne moída de hoje vira recheio de pastel de amanhã. Se ainda sobrar, vira macarrão bolonhesa. Se ainda sobrar, vira recheio de batata assada.

Sobra de molho branco? Acrescento alguns tipos de queijos e vira creme de queijo com pão italiano.

Vinagrete? Vira bruschetta.

Frango assado do domingo sobrou? E dá-lhe arroz de forno com queijo derretido com tomilho.

Pão velho vira torrada doce ou farinha de rosca.

Quando faço patê de ricota, gosto de temperar com sal grosso e chimichurri. Esse patê que sobra vira recheio do tomate recheado. O recheio do tomate (a polpa) eu guardo no congelador para complementar quando faço molho de tomate.

9.) Vai no supermercado? Não esqueça a lista

Leve uma lista, e seja firme para não comprar coisas desnecessárias, mas flexível o suficiente para substituir uma batata por batata-doce quando estiver na promoção.

10.) Não estoque alimentos além do necessário

Não esqueça que estoque é dinheiro parado na despensa. Organize os produtos de acordo com a validade. Os itens que você acabou de comprar, vai para o fundo da despensa.

11.) Frequente feira de rua

Sai bem mais em conta. Eu não frequento mais, porque agora tenho ido nos mercados que vendem produtos orgânicos. Mas na época em que frequentava feira de rua, era uma economia e tanto no orçamento.

12.) Frequente o açougue

É outro lugar que parei de frequentar por começar a consumir carnes orgânicas. Mas açougue é um lugar que o preço é bem mais em conta do que no supermercado.

13.) Não esqueça os cupons

A maioria dos supermercados já dão cupons para fidelizar os seus clientes. Não se esqueça deles no momento da compra. Aproveito também as promoções dos supermercados em compras online. Essa semana mesmo, ganhei um cupom de 30% para efetuar uma compra no Carrefour online, nem preciso dizer que aproveitei para fazer estoque de alguns produtos.

14.) Tenha um limite de gastos na alimentação

Eu só compreendi a importância de ter um limite de gastos há pouco tempo. Entendi que quando não há um limite de valor, é como se fosse um saco sem fundo. Coloque um valor limite para gastar na alimentação e use a criatividade para não ultrapassar o orçamento.

15.) Evite comprar sem necessidade

Sabe aquele salgadinho que você nem ia comprar, mas colocou no seu carrinho de compras, só porque está na promoção? Como diz o Julius:

16.) Tente reproduzir algumas receitas

Foi assim que eu aprendi a cozinhar coisas gostosas. As receitas tendem a ficar muito mais saborosas usando ingredientes de qualidade: manteiga ao invés de margarina, azeite extra-virgem ao invés de óleo, chocolate de verdade ao invés de achocolatado, leite integral ao invés de água e por aí vai.

E pra quem acha que eu faço todas essas delícias, porque eu amo cozinhar…. vai se decepcionar, porque eu nunca gostei de estar na cozinha. Sempre fui uma negação (minha mãe e meu ex-marido podem confirmar). A cozinha não é um lugar onde sinto prazer em estar, mas aprendi que cozinhar é um ato de amor, da mesma forma que lavar o banheiro não é o lugar que meu marido sente prazer em estar kkkk, mas é um ato de amor. Eu entendi que se eu não sei cozinhar, eu posso aprender. Se eu fizer uma comida ruim hoje, posso tentar novamente amanhã. E foi assim, dia após dia, que hoje, posso dizer que cozinho bem.

~ Yuka ~

20 comentários em “Alimentação: 16 dicas para economizar sem sacrifícios

  1. Hahaha… ao contrário de você eu amo cozinhar ☺️… mas no ano passado quando os gêmeos nasceram foi a pior fase de nossas vidas, vivemos uns 6 meses de fast-food… imagina, tinha dias que eu não conseguia nem tomar banho, imagina cozinhar 😕. Mas hoje graças a Deus já consigo fazer as refeições da família e inclusive a minha marmita da semana (tenho sorte que meu marido sempre trabalhou em empresas que servem as refeições). Uma coisa que sempre faço durante a semana que me ajuda muito é quando cozinho arroz, feijão, purê de batata, tempero carne para bife ou filé de frango, sempre faço para 2 dias… não ligamos de repetir o jantar 2 dias seguidos então nas terças e quintas é só esquentar ou grelhar a carne. Quanto ao orçamento nesse mês comecei a estipular um limite de gastos com alimentação, pois como você diz esse item parece um buraco negro em nosso orçamento.
    Beijo e uma ótima semana pra você e sua família!

    Curtir

    • Oi Michele, acho que quem casa com uma pessoa que ama cozinhar, tem que agradecer de joelhos rsrsrs. Eu, que sou fresca em não querer comer comidas repetidas, e ainda não gosto de cozinhar, já viu meu dilema, né? Meu marido é que nem vocês, ele não liga de comer a mesma comida por 2, 3 dias. E é muito bom, porque dá uma folga na cozinha fazer isso que você faz, de cozinhar dobrado. Eu também cozinho dobrado, mas costumo congelar, pra comer só daqui umas 2 semanas kkkk. Conforme nossas crianças crescem, a quantidade que eles comem também aumentará de forma considerável, então quanto menos desperdiçarmos, melhor. Um beijo e uma boa semana pra você também!

      Curtir

    • Cozinhar pouca comida! Quando eu comprava algum legume em quantidade grande, eu acabava cozinhando tudo, e depois tinha que passar a semana inteira comendo a mesma comida. Hoje cozinho pouca quantidade. Assim, acabo não desperdiçando comida. Beijos.

      Curtir

  2. Obrigada pelas ótimas dicas, Yuka!
    Faço boa parte delas, mas o lance dos caldos é novidade pra mim! Vou tentar fazer!!

    Como sempre, vc me inspira! Beijão

    Curtir

    • Oi Tiemi, faça sim, depois que comecei a fazer os caldos, tomei consciência do quanto de alimentos eu jogava fora. Hoje, tudo isso vira caldo que alimenta minha família. Beijos.

      Curtir

    • Oi MLK, faz sim, essa dica é ótima. Muitas vezes, o pote enche tão rápido que o freezer fica cheio de talos e cascas de legumes. E pensar que antes de fazer isso, tudo ia para o lixo… que desperdício. Um beijo.

      Curtir

  3. Adorei as dicas. Infelizmente tenho uma geladeira pequena e fica difícil armazenar caldos ou receitas prontas. Ai fico nas carnes, feijao, molho de tomate. Frutas e legumes meu marido não gosta de quase nada. Então compro pouco… Faço mercado semanalmente com reposição do que falta, mas acho mais trabalhoso. E quanto ao cardápio, gosto de deixar simples com” um algo a mais”. No final de semana mais elaborado e engordativo. (faço reeducação alimentar).
    O que vou colocar em prática é o Whey, aliás, obrigada pela ideia!!! Minha nutri já está me colocando suplementação, e logo vai vir o whey. Só p ter uma ideia, eu suplemento Vitamina D, L- Carnitina, VitaminaC + Zinco , e outro para ajudar a combater uma anemia que teima em voltar se não cuido da alimentação. Mas, tenho certeza que não para por aí e vai vir mais suplementação. Por isso, tenho pesquisado, para não aceitar tudo sem saber de nada e buscar economia onde posso no caso do Whey encontrei a alternativa 🙂

    Curtir

    • Oi Pam, também faço um final de semana mais elaborado e engordativo rs. Comer coisas gostosas é muito bom! Você vai gostar do whey caseiro, ele é difícil estragar, o meu já está na geladeira há mais de 2 semanas, e nada dele estragar, falta pouquinho para eu terminar de usar. 😀 Beijos.

      Curtir

  4. Oi, Yuka. Adorei o post. Aqui em casa a alimentação é responsável por um dos nossos maiores gastos. Também não gosto de cozinhar e sou super amiga do freezer hehehe. Tenho me esforçado para me organizar cada vez melhor, porque senão as chances de ir para um delivery são grandes por aqui. Adorei a dica do caldo de legumes. Aqui em São Carlos nem sempre os açougues tem preço melhor que os mercados, mas estes dias eu e meu marido até estávamos comentando que as carnes estão muito caras no supermercado que a gente frequenta. Por isso, vamos começar a pesquisar em açougues para tentar diminuir esse gasto. Bjos

    Curtir

    • Oi Marcella, o nosso gasto da alimentação também é bem alto, só não é mais alto que o aluguel da minha casa hehe. Acho que para pessoas que não tem a cozinha como paixão (nosso caso), organização é essencial. Hoje quando estava voltando para casa, já fui fazendo o meu cardápio dos 3 dias seguintes, e aproveitei para passar no supermercado para repor algumas coisas. Eu tenho comprado carnes de peças maiores, tenho achado o preço melhor, ao invés de comprar de bandejas. Semana passada comprei uma peça de carne boa, cheguei em casa e já cortei em filés e congelei. 😀 Beijos.

      Curtir

  5. Olá! Adorei as dicas, especialmente dos caldos. Eu costumo usar os talos pra sopa mas agora no verão sempre encalha!
    Olha eu me desloco até um açougue chamado The Barn, eles têm preços muito bons e cortes ótimos. Isso me economiza muito pq compro pro mês a carne e congelo. De resto vamos ao ceagesp todo domingo pra frutas e verduras. A gente acaba enfiando o pé na jaca, pcp nas frutas e gasta uns 130 por semana na feira, queria passar pros orgânicos tb pras frutas (nas verduras compramos de uma barraca orgânica) mas pela conveniência fazemos tudo no domingo mesmo. Se vc puder compartilhar uns cardápios da semana super agradeço! Vi q mais gente gostou dessa dica nos comentários. Abs!!

    Curtir

    • Oi Sempre Sábado, tudo bem? Adoraria ir ao Ceagesp também, mas pra mim fica muito fora de mão, então no meu caso, acabo fazendo tudo no meu bairro mesmo, mesmo que fique um pouco mais caro. A minha sorte é que há muitas opções de orgânicos perto de casa 😀 Agora sobre cardápios semanais… não sei se eu sou a melhor pessoa pra você pedir isso, sou esforçada, mas não sou tão boa ainda pra cardápios rsrsrs. Beijos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: