A importância de rever os gastos do mês anterior

Fotos grátis de Dinheiro

Eu tenho o costume de analisar todos os gastos do mês anterior, logo depois que o mês termina.

Como eu e o marido anotamos todos os gastos no aplicativo Minhas Economias, fica bem fácil fazer essa análise pelo celular mesmo, já que tudo se concentra em um único local.

O objetivo é procurar gastos que foram por impulso, e analisar gastos desnecessários.

Essa revisão dos gastos não serve para evitar gastos, pois como sempre digo, dinheiro não foi feito só para ser guardado, foi feito para ser gasto também.

Essa revisão serve para evitar dinheiro mal gasto, ou seja, quando compro algo por impulso e depois aquilo fica esquecido em algum canto da casa. É esse tipo de gasto que eu quero evitar.

Quando identifico alguma compra mal feita, penso como poderia agir diferente na próxima vez, e assim, de compra em compra, vou me aprimorando para usar muito bem o dinheiro.

Vou dar um exemplo recente. Eu comprei alguns jogos americanos, mas quando comecei a usa-los no dia-a-dia, percebi que um detalhe passou despercebido no momento da compra. Esse detalhe, que é como se fosse uma linha de costura que deixa o jogo americano todo fofo, mas ordinário na hora da limpeza, já que a sujeira entra ali dentro e preciso de uma pequena escovinha para manter tudo limpo. Então decidi que o próximo jogo americano que eu for comprar, será todo liso, sem esse tipo de detalhe.

Outro exemplo (desta vez foi a do marido) foi uma sapatilha de bicicleta que meu marido comprou. Para economizar, ele escolheu uma sapatilha barata que importou da China, apesar de eu ter insistido muito para comprar uma da Shimano. Pois bem, na hora em que ele abriu o pacote, ele já se arrependeu de ter comprado essa da China, pois a qualidade era infinitamente inferior. Quando calçou, se arrependeu mais uma vez, pois era desconfortável. A sapatilha da Shimano que custava 7 vezes mais, durou por quase 10 anos, infelizmente, esse da China não vai durar nem 1 ano.

Quando fazemos essas análises mensais, evitamos persistir em fazer compras erradas. Faço pelo menos 12 revisões orçamentárias por ano (1 por mês), além de 1 revisão minuciosa no fim do ano (quando avalio se estou pagando o valor certo pela internet, se o preço do aluguel que pagamos está de acordo com o mercado imobiliário, se gastamos excessivamente em alguma categoria, etc).

Essas atitudes tem feito um bem danado na saúde orçamentária familiar, pois “aquilo que não é medido, não pode ser melhorado”.

~ Yuka ~

5 Comments on “A importância de rever os gastos do mês anterior”

  1. Oi, Yuka! Eu nunca consigo anotar as coisas que gasto durante o mês mesmo tentando e, além de tudo, meu companheiro e eu temos economias separadas (só peço para ele dar metade do salário e ponto, pois é trabalho em dobro andar controlando como ele gasta e ele é terrível). Mas a passeio por uma livraria encontrei um livrinho chamado Kakebo, método japonês com o qual vc provavelmente esteja familiarizada. Ainda não abri o livrinho para anotar gastos pois não tive tempo nos últimos dois meses mas este junho todos os gastos foram feitos no cartão de crédito para que neste final de semana possa anotar e ter um controle pois eu não consigo entender para onde está indo o dinheiro que temos e por que estamos sem poder economizar nada novamente. Anotar, avaliar, reavaliar e mudar o que não está dando certo é essencial para qualquer economia doméstica. Por isso o controle é tão importante. Um abraço!

    Curtir

  2. Vou compartilhar meu exemplo que pode ser útil.
    Demoro muito pra comprar alguma coisa, então geralmente não me arrependo.
    Porém sempre tenho gastos desnecessários que poderiam ser evitados, mas na hora “passa”.

    Por exemplo, comprei coisas demais para comer e beber durante um festival que fui. Pequei pelo excesso…

    Fui fazer um exame e só lá tive a negativa do plano médico (fazia apenas uma semana que o exame não é feito lá, nem o atendimento sabia…) Gastei tempo, combustível e estacionamento a toa…

    O que mais me irrita é a sensação de não ter controle sobre esses episódios sabe?

    Curtir

    • Carolzita, a gente nunca consegue controlar tudo. Mesmo planejando, sempre acontece da lavadora de roupa estragar, alguém bater no nosso carro, um registro de agua emperrar -isso aconteceu aqui, precisei chamar 3 pessoas diferentes para consertar, cada um que vinha estragava mais. Ou pior ainda, alguma doença. Então a gente controlar o dinheiro serve tambem para isso, para a gente poder pagar essas coisas imprevistas com tranquilidade, e também, e esse é o meu caso, ter alguma sensação de que dá para controlar a vida em alguma medida. E o resto, bem, aceitar que o imponderável existe.
      Abraço, Daniela

      Curtir

  3. Oi Yuka, bom dia

    Eu anoto tudo que gasto há muitos anos. Como eu e o meu marido controlamos separadamente o dinheiro, sou eu que controlo as despesas comuns. Eu pago quase tudo no cartao, entao no final do mês passo quanto que ele tem que transferir dessas despesas. Se ele paga algo que é despesa comum, eu anoto e desconto desse valor. Isso tem funcionado para nós.Nós somos muito individualistas, os dois. Nunca passou pela nossa cabeça juntar os 2 salarios e fazer um orçamento só. Sei que tem muita gente que faz assim, mas eu me sentiria completamente invadida tendo que “prestar conta” dos meus gastos pessoais. E tenho certeza que o meu marido também pensa assim.

    Para quem tem dificuldade de anotar, comece de forma simples, no celular ou mesmo em um bloquinho de papel. Uma vez por dia ou a cada dois dias no máximo, senao a gente esquece. Usar o cartao pode ser bom para lembrar, mas tem o lado que algumas pessoas gastam mais quando pagam no cartao, entao tem que ver o que é melhor. Na minha planilha eu deixo as despesas fixas já anotadas e aquelas que a gente nao sabe exatamente o valor como energia, telefone e condominio com um valor superdimensionado de forma que eu sei aproximadamente o total de gastos do mês seguinte no final do mês anterior. Ja deixo anotado ali também as despesas anuais, como iptu, ipva e seguros. Para nao ter surpresas por ter esquecido algo que poderia ter sido previsto.

    Enfim, funciona para mim, acho que cada um tem que achar o seu ponto ótimo de controle, que nao dê tanto trabalho que a pessoa desiste antes de começar mas que seja suficiente para saber o que acontece com o dinheiro.

    Abraço, Daniela

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: