Os 13 erros que eu cometi nos investimentos

erros de investimento

A maioria das pessoas que eu conheço que não investem, é porque têm medo de cometer erros.

Se essas pessoas soubessem que errar faz parte do processo de aprendizagem, perderiam o medo que impede de ganhar dinheiro. Outro dia li em algum lugar que o fracasso é o suor do sucesso. E essa frase faz todo sentido, fracassar faz parte natural do processo de quem busca o sucesso.

Dito isso, hoje vou compartilhar os erros nos investimentos que cometi ao longo desses anos:

1.) Não ter começado mais cedo

Esse com certeza é o calcanhar de Aquiles de todo investidor. Se soubéssemos naquela época o que sabemos hoje, muitos de nós já seríamos financeiramente independentes. Maaaas, como a realidade nunca é cor-de-rosa, tento sempre lembrar da frase “antes tarde do que nunca”. Essa frase serve para os que estão começando a investir aos 40, aos 50, aos 60…

2.) Comprei Títulos de Capitalização

Fiz essa “cagada” com o primeiro salário de estagiária que recebi. Fui na agência bancária toda contente dizendo que queria investir, e o gerente muito gentil, me vendeu Títulos de Capitalização como se fosse o supra-sumo dos investimentos. Até que depois de alguns meses, descobri que o saldo total estava menor do que o valor inicial e só então entendi que título de capitalização não era investimento.

3.) Deixar o dinheiro na poupança por medo de perder dinheiro

Deixar dinheiro na poupança é a única certeza que temos que perderemos dinheiro por conta da inflação.

4.) Fiz uma Previdência Privada

Durante muitos anos, minha mãe sempre insistiu para que eu tivesse um plano de previdência privada. Para a época que a minha mãe contratou, o plano realmente poderia ser razoavelmente bom. Mas lá fui eu de novo cair no canto da sereia do gerente e saí do banco com um plano de previdência privada VGBL. Depois de alguns anos, já com o salário maior, me orientaram para alterar o plano para PGBL, mas teria que sacar todo o saldo para iniciar tudo de novo. Não preciso nem dizer que perdi uma parte do dinheiro para impostos e taxas.

5.) Fiz uma Previdência Privada para meu marido

Não bastasse eu ter colocado meu dinheiro na previdência privada, ainda obriguei meu marido a ter um. Só que depois de alguns meses, já mais educada financeiramente, vi que a rentabilidade era muito abaixo do esperado. Quando resolvi sacar, simplesmente perdemos 30% do montante total em impostos e taxas. Meu marido espumou pela boca nesse dia rs.

6.) Iniciei pagamento do INSS para o marido

Como meu marido era bolsista de doutorado e ele nunca tinha contribuído para o INSS, comecei a pagar INSS para ele garantir a aposentadoria. E depois de 1 ano eu mudei de ideia. Achei mais inteligente investir por conta própria.

7.) Aceitei ter uma conta Personnalité do Itaú

A condição para que fosse taxa zero era que tivesse investimentos na conta. E eu achava que meu dinheiro estava em boas mãos, até que um dia parei para fazer as contas, e descobri que o cafezinho estava me custando muito caro. Era muito mais inteligente da minha parte colocar o dinheiro no Tesouro Direto e ter rendimentos maiores, do que deixar no Personnalité e ganhar um descontinho na taxa da conta-corrente.

8.) Vendi as ações da Petrobrás e da Vale do marido

Eu simplesmente liquidei as posições das ações da Petrobrás e da Vale do marido, sem ao menos ter estudado sobre ações. Logo depois, as ações tiveram uma alta.

9.) Comprei ações de empresas sem estudar fundamentos

Esse é outro caso. Comprei ações de empresas que não tinham fundamentos, e a cotação não parava de cair, até que vendi.

10.) Vendi ações na hora errada

Quem compra ações utilizando o método Buy & Hold sabe que da mesma forma que compramos ações devagar, o ideal é sair devagar. Eu não fiz isso. Apesar de nessa época já saber como analisar empresas, eu simplesmente liquidei todas as posições quando no início o ano surgiu uma notícia que me desagradou da Qualicorp. Desde então, ele não para de subir, e só essa semana, deu uma alta de 35%…

11.) Vendi bitcoin…

De novo, o mesmo erro. Eu tinha comprado bitcoin quando a cotação estava a 9 mil reais. Ele começou a subir, subir, subir, até que chegou aos inacreditáveis 70 mil, e eu lá, firme, forte e feliz. Até que a cotação começou a cair, a cair, a cair, e eu vendi quando chegou nos 13 mil reais. Detalhe, depois que vendi, ele começou a subir de novo. Fiz a famosa “compra na euforia, vende no pânico”.

12.) Perdi dinheiro fazendo day-trade, operando com robôs

Meu marido é um santo. Cometi todos esses erros e a única coisa que ele faz é sorrir e dizer que só aprende quem erra. Eu perdi 35 mil reais fazendo day-trade… Sem comentários.

13.) Giro de patrimônio com imóveis

Ano passado comprei uns imóveis a um preço muito bom. Só que depois que comprei, vi o trabalhão que dá, gestão de imóveis, taxa de administração para imobiliária, além de ter que pagar imposto de renda sobre os aluguéis. Resolvi vender. Não foi bem um erro, já que tive lucro na venda, mas não posso negar o trabalhão que eu tive reformando o apartamento… poderia ter curtido a minha sombra.

Esses são os erros que eu lembro no momento, mas tenho certeza que já errei muito mais. Vê que errar faz parte da aprendizagem? Eu nunca tive um mentor, um guru que me guiasse para qual caminho deveria seguir. A cada erro cometido, uma lição aprendida. Então eu tenho muito orgulho dos erros cometidos e do que cada erro me proporcionou de aprendizagem.

E você? Quais erros já cometeu?

~ Yuka ~

Anúncios

34 comentários em “Os 13 erros que eu cometi nos investimentos

  1. Só posso dizer que a vida muda e que teu blog é um grande impulsionador de mudanças. Há alguns meses, quando li um texto teu sobre investimentos, não gostei do tema. Hoje, meus olhos brilharam ao ler o título. hahahhahah’ Definitivamente, tu mudaste meu jeito de pensar sobre investimentos e independência financeira.
    Bjs e obrigada pelo empenho!

    Curtido por 1 pessoa

    • Apesar de muitos ainda torcerem o nariz quando falamos sobre investimentos, é inegável que saber investir faz com que a vida se torne cada vez mais fácil. O tema tem sido recorrente aqui no blog porque é o que eu vivo hoje. Tenho o costume de escrever o que tenho vivido, compartilhar experiências, e além do mais, liberdade financeira é mais uma das liberdades que busco, e que com certeza absoluta, foi o minimalismo que me proporcionou esse encontro. Um beijo e obrigada pelo comentário.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Que bom conhecer esse seu canal. Vc escreve suas situações como poucos. Já devorei alguns artigos e ganhou mais um leitor. Já cometi alguns erros tbm: financiamento sem planejamento; não ter começado mais cedo; todo dinheiro na poupança; vendido terreno bem localizado que triplicou de valor. Obrigado!

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Alison, e tenho certeza que assim como eu, após os erros cometidos, você aprendeu muito mais. Os erros são inevitáveis, e conforme a gente vai amadurecendo, os erros vão se tornando controláveis. No meu caso, tanto o day-trade como os imóveis, tinham o risco calculado. Eu tinha um valor que tinha determinado que podia perder sem colocar em dano o meu patrimônio. Para alguns, perder o valor que perdi pode ser o início de uma tragédia anunciada. Obrigada por compartilhar seus erros nos investimentos. Beijos.

      Curtir

  3. Olá Yuka.
    Eu cometi quase todos esses erros.
    Especificamente o 1, 3, 4, 7, 9, 10 e 13.
    Perdi dinheiro em pirâmide, em oportunidades milagrosas de ganhar dinheiro (terrenos e apartamento com preço de banana).
    Mas hoje prefiro ver que tudo isso serviu de aprendizado.
    Hoje tenho uma mentalidade muito sólida pra essas coisas. Não existe almoço grátis.
    Coincidentemente, estou oferendo um ebook lá no meu instagram com os principais erros que cometi no começo.
    Ótimo post. Espero que as pessoas que estejam no começo de suas trajetórias, aprendam um pouco com estes erros.
    Grande abraço!
    Stark.
    http://www.acumuladorcompulsivo.com
    http://instagram.com/acumuladorcompulsivo

    Curtir

    • Exatamente, errar faz parte da aprendizagem. Quando a gente passa a entender isso, passamos a não remoer os erros. Não fico lamentando de ter perdido dinheiro. O que eu faço é agradecer por ter conseguido perceber da cilada e sair dessa o mais rápido possível rs. Beijos.

      Curtir

  4. Gostei você poderia falar um pouco mais de como começar investir e onde aprender de maneira simples para pessoas leigas no assunto
    Forte abraço e muito obrigado

    Enviado do meu iPhone

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Eduardo, tudo bem? Eu tenho um site que gosto muito do Leandro Ávila, que é o Clube dos Poupadores. Já o acompanho há alguns anos, e acho o conteúdo dele maravilhoso, além dele escrever de uma forma bem amigável. Se tiver interesse, visite o site dele, tem muito, muito conteúdo para estudar. https://www.clubedospoupadores.com/comece Acho que vai gostar bastante também. Beijos.

      Curtir

  5. Olá Yuka, eu estou sempre por aqui mas nunca comentei antes. Seu blog é meu espaço favorito na internet, venho quase todos os dias reler e reler os posts, aprendo muito com você, obrigada por dedicar seu tempo ao blog.
    Gostaria de pedir para você fazer um post sobre investimentos para iniciantes, o que você recomenda pra quem ta começando agora, tenho 23 anos e não investi ainda, gostaria do seu ponto de vista pois você é muito inteligente, desde já obrigada!

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Tayla, olha que coisa boa você ter 23 anos. Quem me dera voltar no tempo e ter essa idade e saber o que sei hoje… com certeza com 38 anos que eu tenho hoje, já seria livre para viver de renda passiva. Aproveite para estudar bastante. Sobre investimentos para iniciantes, eu tenho um site que gosto muito do Leandro Ávila, que é o Clube dos Poupadores. Dá uma passada lá e tente ler todos os artigos dele, já vai aprender bastante coisa, e o bom que ele não é tendencioso, nem é garoto propaganda de nenhuma empresa, o que dá ainda mais credibilidade. https://www.clubedospoupadores.com/comece Acho que vai gostar bastante também. Beijos.

      Curtido por 1 pessoa

    • Oi Marcelo, mais de uma pessoa já me falou isso, de que o INSS serve também como um seguro em caso de invalidez, morte etc. Só que eu ainda tenho resistência em pagar algo que nem sei se meu marido vai conseguir usufruir… preciso amadurecer um pouco mais a ideia e avaliar. 🙂 Mas se passasse a pagar, também falaria pra ele pagar o mínimo. Beijos.

      Curtido por 1 pessoa

  6. Yuka,

    Gostei muito do seu post, ainda mais por que geralmente as pessoas não gostam muito de falar sobre seus erros. Estou com um post “no forno” sobre esse tema,. Provavelmente o postarei no início ou meados de setembro.

    Títulos de capitalização… eu também comprei. Nunca ganhei nada. Só perdi uma boa parte do capital. Inclusive escrevi sobre isso em 2014.
    Se quiser ver: https://www.simplicidadeeharmonia.com/2014/07/titulo-de-capitalizacao-e-investimento.html
    Ainda bem que os bancos pararam de oferecer tão enfaticamente esse produto.

    Boa semana!

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Rosana, fui ler o post que escreveu sobre títulos de capitalização. Menina, você fez mais de 20!!! kkk. Sabe que quando a gente aprende a enxergar os erros de outra forma, a gente passa a se divertir com os próprios erros. Eu e meu marido sempre lembramos das conversas calorosas que tivemos enquanto eu tentava convence-lo a ter uma previdência privada, e ele até fala “não acredito que ficamos um dia inteiro sem nos falar por causa disso” kkkk. Enfim, o bom é que a gente aprende. Beijos.

      Curtir

  7. Vontade de chorar lendo.. Já cometi vários tb, o primeiro é igual ao teu.. Eu comecei a investir de fato no ano passado 😭😭😭
    Já perdi dinheiro com imóvel, com poupança e com Day trade tb 😭 vamos chorar juntas ou rir pq estamos no caminho certo?

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Rosana, com certeza devemos rir porque estamos no caminho certo kkkk. E também porque nossos maridos são santos por deixarem a gente errar, ops, aprender com os tropeços da vida. Beijos.

      Curtir

  8. Yuka, muito obrigada por compartilhar seus erros. Quando conhecemos um investidor mais experiente, esquecemos que ele também já cometeu erros. Eu já cometi os erros 1 e 2. Sobre imóveis, pensava em investir em imóveis como fonte de renda passiva, mas após comprar o meu próprio e ver o trabalhão que dá reformar e todas as despesas que teria caso o imóvel ficasse vago, desisti. Não é para mim. Te admiro por falar sobre os 35 mil reais perdidos, se eu perdesse esse valor ficaria inconsolável por semanas (ou meses… ou anos!) heheheheh.

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Michelle, é, os 35 mil reais perdidos não foi fácil, mas foi necessário. Eu realmente achei que poderia e teria capacidade para trabalhar com compra e venda de ações. Mas se fosse fácil assim, todo mundo conseguiria, né? Eu conhecia as estatísticas dos traders, mas eu precisava tentar, eu precisava testar por mim mesma, para ter a certeza de que não serviria pra mim. A parte boa é que eu aprendo rápido rsrsrs. Beijos.

      Curtir

  9. Oi, Yuka! Ontem procurando por um podcast sobre o movimento FIRE, achei o podcast do SRIF365 com você! Achei tão legal ouvir sua voz!. Faz uns 4 anos que sigo você (já deixei alguns comentários com diferentes nomes porque nunca sei como entrar no wp) e primeiro, foi uma surpresa quando vc se apresentou com fotinho e nome e agora, com voz, hahaha. Me lembro que encontrei seu blog ainda na busca pelo meus filhos, economizando dinheiro para o tratamento de FIV e encontro seu post sobre enxoval minimalista. Não é que uns meses depois estaria armando o meu próprio enxoval seguindo suas dicas? Agora, depois de voltar para meu país com filhos e companheiro , ser expulsos pela economia e voltar para o Brasil, estou tentando seguir suas dicas para conseguir a independência financeira após perder tudo (graças à economia do meu país), ficarmos endividados e começar de zero (outra vez) aos 40. Quem diz que em um tempinho, assim como chegaram os filhos após ler seu post, não chegue a oportunidade de começar a buscar a independência financeira sem dívidas? Um abraço! (PS: Obrigada por me contar a história da sua mãe no post sobre “Casal que rala junto, cresce junto”).

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Bhuvana, você também me achou!!! rsrs. Pois é, acabei dando a entrevista para o Srif365. Eu já acompanhava o blog dele, então saber que ele sabia sobre meu blog, foi uma surpresa agradável. Aos poucos vou perdendo a vergonha extrema de sair da minha toca rsrs. O bom do ser humano é que a gente tem o poder de recomeçar várias vezes. A única coisa que a gente não pode fazer é desistir. Já foi uma conquista depois de todo o seu tratamento de FIV e o nascimento dos filhos. Só tem que se unir ao seu marido, apoiar um ao outro, e saber que todo o esforço valeu a pena por vocês estarem juntos. Seus filhos irão crescer vendo pais se apoiando, mesmo na dificuldade, e isso trará uma lição de vida para eles. Quando a gente olha lá na frente, parece ser uma missão impossível recomeçar, pensar na independência financeira. Mas o segredo é pavimentar um tijolo por vez, fazer o que está ao alcance. Quando menos esperar, verá que já terá atravessado metade da ponte. Beijos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: