Destralhar é um processo contínuo

Eu já havia feito um destralhe de coisas sem uso na minha casa há alguns anos.

E lembro muito bem que quando fiz esse destralhe, havia objetos que apesar de não ter utilidade, eu não conseguia desapegar. 

Passados alguns meses, quando o mesmo objeto passou pela minha mão de novo, percebi que era algo que não era mais necessário para mim, e tendo essa consciência, consegui me desapegar com muita facilidade.

O que era importante para mim há 1 ano, pode não ser mais hoje. Se eu sei que aquilo que estou prestes a desfazer ainda me traz apego, permaneço com ele, e depois de algumas semanas, ou meses, consigo me desapegar, porque tenho a certeza de que não terá mais utilidade para mim.

Da mesma forma que cortar gastos deve ser um monitoramento contínuo, eu entendi que o destralhe permanente e constante também é tão importante quanto, pois itens que eu já gostei muito, pode se tornar itens em desuso.

Isso acontece, porque coisas entram e coisas saem, a casa tem vida e nós estamos em constante mudança.

É preciso administrar e avaliar de forma contínua se um determinado item que num período foi tão importante, continua com o seu valor para permanecer na nossa vida.

Final de ano é sempre um período bom para fazer esse destralhe, renovando as energias da casa. Quem tiver com ânimo, recomendo muito.

Aproveito para agradecer mais um ano de companhia, das leituras semanais e comentários que só agregam.

Gostaria de desejar um Feliz Natal e um 2022 próspero para todos vocês.

Nos encontramos no ano que vem.

~ Yuka ~

29 Comments on “Destralhar é um processo contínuo”

    • Com certeza, mas muitas vezes pode ser só uma questão de tempo e preparação emocional. Depois de um tempo, percebemos que algumas coisas, queremos manter na nossa casa, mesmo não tendo utilidade, pois traz muitas boas memórias. Enquanto outras, realmente são tralhas, ou seja, daria para descartar. O importante é sempre começar. Um beijo.

      Curtir

  1. Oi, Yuka!

    Eu sempre espalho a palavra de Marie Kondo (hahaha) porque com ela eu realmente aprendi a destralhar. Não canso de repetir que manter apenas “o que te traz alegria” faz muito sentido pra mim e melhorou minha relação com as coisas.

    Ela fala que uma vez que você faça o “destralhe” completo, não é algo que precise ser repetido, mas nisso eu discordo e acho que faz mais sentido o que você disse: “coisas entram e coisas saem, a casa tem vida e nós estamos em constante mudança”.

    Eu ainda não consegui fazer o destralhe que queria com livros, mas não é algo que me incomoda tanto mais. De resto, se não me traz alegria, tento passar pra frente ou colocar na reciclagem.

    Bom final de ano pra você e família!! Agradeço o espaço saudável de discussão. 🙂

    Curtir

    • Oi Andrea, destralhar é tudo de bom, e é incrível como depois de alguns meses, eu percebo várias tralhas em casa. Tudo bem que são mais coisas das crianças, pois elas adoram fazer colagens com papéis e caixa de papelão, além dos brinquedos miudinhos, canetinha, lápis de cor… rssrsrs. Bom final de ano para você também, nos vemos no ano que vem. Beijos.

      Curtir

  2. Abraços Yuka. Mantenha suas postagens, pois, são elas minhas leituras garantidas aos domingos. Não comento sempre, mas, leio todas. Aprendo com elas e cada vez mais me desapego das tralhas externas e internas.
    Agraciado ano novo.

    Curtir

  3. Oi Yuka!

    Sim, até o nosso corpo recebe e “destralha” coisas todo dia né?

    Hehe! O útil fica, o inútil sai e assim tudo pode se reciclar. Também acredito nessa necessidade de constância, talvez por isso as pessoas encontrem tanta dificuldade em investir, manter a organização e se alimentar bem: pois são decisões a serem seguidas todo dia um pouquinho até virar hábito…

    Curtir

  4. Oiii, sempre faço os meus destralhes e assim vou me sentido cada dia mais leve. É tão fazer esta reflexão todo ano ou quase sempre kkkk.
    Desejo a você e toda a família, muitas bençãos!
    Que Jesus continue lhe iluminando…que neste Natal se espalha ainda mais muito amor, união…paz. E que em 2022 venha com muita saúde, alegrias e muita esperança de dias melhores.
    Recebe meu abraço e minha gratidão por ceder do seu tempo para nos ajudar a refletir na nossa caminhada.
    Obrigada por tudo queria yuka, ao qual eu tenho um carinho imenso, e só tenho gratidão por cada post, cada palavrinha escrita aqui no seu cantinho que nos ajuda muito refletir e repensar em muitos fatores da nossa vida.
    Abração, quem sabe um dia a gente marca de se conhecer, ficaria muito feliz!!!!
    Um beijo enorme e obrigada!!!
    Dri 🎄🎅🤗🤗🤗🤗🤗🌻😘❤

    Curtir

    • Oi Dri, eu que agradeço pela sua companhia, seus comentários fazem a diferença no meu dia, ano que vem estaremos juntas, desejo que seu ano de 2022 seja cheio de alegria e de muito amor e união. Um grande beijo pra você, Feliz Natal!

      Curtir

  5. Yuka,

    “É preciso administrar e avaliar de forma contínua se um determinado item que num período foi tão importante, continua com o seu valor para permanecer na nossa vida.”
    Muitas vezes guardamos tantas coisas desnecessárias! E quando vemos, estamos com inúmeros objetos que somente acumulam espaço, pois não tem mais nenhum significado para nós.

    É exatamente nesses momentos que o “deixar ir” precisa estar bem presente.

    Desejo boas festas à você e aos seus familiares. Que 2022 seja um ano de muita alegria, saúde, paz, harmonia e prosperidade.

    Esse ano preparei uma retrospectiva diferente no Simplicidade e Harmonia. Confira no link abaixo:

    Retrospectiva 2021 (Parte 1) – Simplicidade e Harmonia

    Abraços,

    Curtir

  6. Oi Yuka,

    Um ótimo ano novo para você!

    Destralhar é um processo sem fim. Estamos sempre comprando coisas e elas vão se juntando, preenchendo os espaços. Parece não ter fim.

    Com a coisa da pandemia, acaba que comprei menos, ou melhor, comprei para substituir as coisas estragadas. Aquela compra de impulso, tipo o sapato ou a blusa da vitrine, desapareceu. Já me desfiz de muitos sapatos, vários que estragaram e outros que dei, estou quase chegando ao ideal. Roupas ainda não, estou em um processo de usar tudo que tenho para ver o que ainda vai embora.

    Em compensação, como moro com outras pessoas que não têm, por assim dizer, os mesmos objetivos de vida, tenho que estar sempre atenta, pois acabam invadindo os espaços alheios.

    Destralhar e comprar, para mim, aliviam a ansiedade (eu arrumo os armários quando não consigo arrumar a cabeça). Então, o meu objetivo é comprar menos e melhor, para ter menos coisa inútil para destralhar. E identificar a ansiedade e os motivos dela, para não usar as compras como válvula de escape.

    Abraços, e tudo de bom para você e para os leitores! Que 2022 seja mais leve para todos nós.

    Daniela

    Curtir

  7. Feliz Natal e um ano novo maravilhoso para você e sua família!
    Este blog foi uma das melhores coisas em 2021 para mim S2
    Desejo o que o bem que você faz a mim e a tantos leitores volte como o dobro de bênçãos para você em 2022!
    Sobre destralhamento, eu sempre acho que já completei, aí descubro que há tanto ainda a fazer…por isso concordo plenamente. Algo muito útil passa a ser inútil, aquela amizade próxima, deixa de fazer sentido, aquele hábito passa a fazer mais mal que bem.
    Todo dia mudamos, como poderia ser diferente?

    Curtir

  8. Segundo post que leio depois de um tempão e olha, outra coincidencia, ontem e hoje me dediquei a “desbagunçar” a casa. Ontem joguei CINCO sacolas de lixo de 50 litros de papeis, revistas, brinquedinhos que as crianças receberam dos primos mas quebraram ou faltavam partes, coisas e coisinhas que vc nem sabia que tinha nas gavetas. “Final de ano é sempre um período bom para fazer esse destralhe, renovando as energias da casa. Quem tiver com ânimo, recomendo muito.” Não sei tenho muito ânimo pois em dois dias só consegue quase terminar com nossa mini sala (não acreditava que podia caber tanto em tão minúsculo espaço) mas sim acredito que se queremos uma vida mais simples e mais plena, a casa é um reflexo de se estamos no bom caminho ou não. Cinco sacolas ontem me disseram que não, hehehe. Um abraço, Yuka, para vc e sua família e um ótimo começo de ano!

    Curtir

  9. feliz ano novo Yuka!
    Esperamos que esteja tudo bem com vc e sua família, que não esteja no aeroporto esperando o voo da porcaria da Itapemirim, hahaha
    Seus leitores estão ansiosos por novas postagens…

    Curtir

  10. Yukaaaaa!! Feliz ano novo!!! Que 2022 seja ano de realizações! Obrigada por tantos posts incríveis!

    Ando patinando, menina! Kkkkkkkk
    Por isso mal consigo vir aqui comentar os posts…
    Janeiro de 2021 nasceu nossa caçula, marido entrou de licença paternidade comigo. Acabei ficando mal acostumada! Dezembro ele voltou a trabalhar e até agora estou tentando me adaptar. Cuidar de 2 crianças tem me deixado exausta! Principalmente pq a caçula tá na fase de andar e explorar o mundo!
    É toda uma logística desde o banho até pra sair de casa! Queria ser um polvo as vezes… kkkkkkkk
    Daqui 7 dias ela completa 1 aninho, acredita?
    Estou aqui nos preparo da festinha dela… como o tempo voa!

    Sou muito grata ao Japão por ter nos proporcionado um tempo tão bom em família (remunerados). Isso me fez ver o quão bom é ter tempo livre para cuidar dos filhos. E que não precisamos de muito pra viver (já que a remuneração é 67% do salário antigo). Tenho só mais um ano de remuneração, até acabar minha licença (aqui no Japão são 2 anos por filho, sendo que o homem geralmente tira 1 ano). Tenho pensado muito no que posso fazer esse ano com meu salário pra que me permita ficar mais um pouco em casa cuidando das minhas filhas… cortando alguns gastos, etc…

    Muito obrigada por me inspirar através dos seus posts a priorizar o que realmente importa.
    Só continue, não desanime.

    Beijo enorme!!

    Curtir

  11. Yuka, Feliz Ano Novo.
    Que Deus derrame bençãos em sua vida e de sua família.
    Que 2022 seja um ano de paz e prosperidade.
    Continue a nos iluminar com seu blog, que nos inspira tanto.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: