Desperte para as pequenas felicidades

bebe rindo

Cheiro de café, pão caseiro e cochilo no sofá.

Kindle e sofá, chuva e cobertor, chá e cookie no forno.

Risada de criança, algodão doce e surpresa do kinder ovo.

Jantar romântico, música clássica, sexta-feira à noite.

Brigadeiro de festa de aniversário, raspar a lata do leite condensado, sentir cheiro de bolo no forno.

Banho quente. Sabonete novo. Toalha fofa.

Sol e picnic. Assoprar dente-de-leão, vento no rosto, pés na grama.

Chegar em casa, pés descalços, cama quentinha, lençol recém-trocado.

Dormir de cobertor, sentindo cheiro do cabelo de bebê.

~ Yuka ~

Anúncios

15 comentários em “Desperte para as pequenas felicidades

  1. Bom dia! Adoro seu blog, no início do ano comecei a pesquisar sobre educação financeira e acabei descobrindo um novo mundo e nesse mundo veio o minimalismo e o seu blog é o melhor que existe para mim sobre esse assunto, pois mais do que se preocupar com o tanto de coisa que você possui você fala da sua rotina simples e o melhor você tem filhos e ser minimalista com filhos eu acho um grande desafio, não pelas crianças em si, mas pelo apelo de consumo que existe para as próprias crianças e para os pais! Olha eu jå me sinto super íntima sua, me inspiro em você! Fale mais sobre festas infantis minimalistas por favor! Eu adoro festejar é algo que me faz feliz, mas eu tenho medo de perder a mão e acabar exagerando kkkk

    Curtir

    • Oi Célia, que legal que você também tem estudado sobre educação financeira. Eu também tenho estudado muito e realmente é um mundo novo que se abre na nossa frente, né? Tentar levar uma vida sem excessos com filhos é realmente um desafio. Tudo vira regra e nós viramos a exceção. Mas eu acredito muito que lugar de criança não é no shopping, e sim na praia, no parque, na praça do bairro. Daqui a pouco vai chegar o aniversário de 1 ano da minha filha mais nova, quando eu fizer a festinha dela, tiro a foto e posto aqui, tá? Beijos pra você e comente sempre!!!

      Curtir

      • Concordo plenamente, lugar de criança é ao ar livre e não em templos do consumismo. Minha vida financeira melhorou bastante depois que comecei a estudar sobre finanças, no momento estou quitando todas as besteiras que eu fiz com meu dinheiro, mas estou progredindo não tem como consertar um estrago de anos em poucos meses, então com paciência, disciplina e perseverança eu vou caminhando rumo a minha liberdade financeira

        Curtir

        • Eu já estive nesta fase que você falou, na minha época, era cheque pré-datado. Nossa, eu tinha tantos cheques que ainda iam vencer, demorou mais de 1 ano para terminar de pagar tudo. Depois que caiu o último cheque. foi a maior libertação. Você vai chegar sim na sua liberdade financeira! Eu sempre digo isso para o meu marido, é só uma questão de foco, disciplina, paciência e tempo. Beijos.

          Curtir

  2. Amo tudo isso!! Cada dia aprendendo a me habituar mais com a valorização do simples. Ontem caminhei na areia da praia, mesmo no frio, sentindo a areia e ouvindo minhas musicas preferidas. O surreal é que moro há uma quadra e em um ano fiz isso duas vezes. Mas tudo em seu tempo!!! E para mim agora é tempo de prestar atenção, e encaixar esses pequenos detalhes no dia a dia, Uma ótima semana para nós!!!

    Curtir

    • Oi Debora, com a correria do dia-a-dia a gente esquece mesmo que tem coisas boas perto de casa, ontem mesmo fui levar a minha filha para passear num parque, nossa ela se jogou na areia, brincou, correu, e não queria ir embora pra casa de jeito nenhum. Nessas horas eu tenho uma sensação de dever cumprido, de que a criança está onde deveria estar: brincando e se sujando. Tento fazer isso todos os fins de semana, mas tem semanas que não dá para fazer, ou pelo cansaço, ou pelo tempo chuvoso, ou por preguiça mesmo. Mas o importante é fazer o que você comentou, de prestar atenção e encaixar essas pequenas felicidades no nosso dia. Beijos pra você.

      Curtir

      • Também tenho essa sensação de dever cumprido quando meu filho está se divertindo ao ar livre… tem hora que durante as brincadeiras, respiro fundo e vem até um arrepio, do tipo “é isso o que importa e que bom que eu estou aqui com ele”. Sou meio sentimental mesmo, rsrsrs. Bjsss!

        Curtido por 1 pessoa

  3. Yuka como sempre dando um show de simplicidade! Eu acho incrível esse negócio de encontrar felicidade e satisfação em coisas pequenas, e principalmente, que não sejam materiais. Lindo texto. Ahh, já estou ansiosa para ver a decoração da festinha de sua filha. Tenho certeza de que você fará muitas coisas bacanas com as próprias mãos, mais uma vez demonstrando carinho e qualidade nos detalhes! Uma excelente semana!

    Curtir

  4. Esse post me lembra de uma cena do classico filme A noviça Rebelde. As crianças estavam assustadas com a chuva, mas sao lembradas que quando pensam em coisas boas, os pensamentos maus vão embora. Alias, essa é a musica que mais gosto desse filme, nao canso de ver! Eis o link :

    Curtir

    • Oi Cintia, assisti o vídeo, realmente lembrou muito bem o post rsrs. Quando a gente aprende a dar valor para essas pequenas alegrias, a gente aprende a ser mais feliz, né. Beijos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: