O que é essencial?

all we need is love. and food. and water. and shelter.

Essa imagem acima, ilustra muito bem o que eu tenho sentido nos últimos anos. “Tudo o que precisamos é de Amor. E Comida. E Água. E Abrigo.”

Há quase 5 anos, li um livro em japonês que fala sobre como devemos cuidar de nós mesmos. Fala sobre a importância do desapego, viver com o essencial, de ter uma vida mais calma, sem pressa, sem estresse. Caminhar com calma, cozinhar sem pressa, ter bons amigos, saber saborear uma boa comida, ler um bom livro… E desde então, fiquei encantada com esse modo de vida.

Já existem termos sobre esse estilo de vida: minimalismo, slow life, slow food. E eu mesmo, não sigo nenhum deles à risca.

Com o passar do tempo, comecei a perceber quais são as coisas importantes na minha vida. Não é ostentar, não é ter um cargo, não são os amigos do Facebook.

Não é de hoje que as pessoas reclamam que o tempo está voando. E está mesmo. Quando se vê, já estamos no meio do ano. Quando se vê, já é Natal. Quando se vê, o ano já virou e a impressão de que não fizemos nada de importante.

Para mim, as coisas que são importantes são as coisas que não custam dinheiro, mas custam Tempo. O meu tempo hoje, são repletos de coisas que não são essenciais.

Queria ficar menos tempo na internet, menos tempo assistindo televisão, menos tempo pendurada no telefone. Sinto falta de encontrar meus amigos, sinto falta de reunir a família para um almoço, sinto falta de ficar à toa e de muitas outras coisas.

Chegou a hora de pensar o que é essencial pra mim…

~ Yuka ~

Anúncios

15 comentários em “O que é essencial?

  1. Descobri ontem seu blog, li algumas postagens, gostei tanto que vim ao início pra ler tudinho!
    Também sou adepta do menos é mais, apesar de cair em tentação às vezes, mas cada vez sinto que estou chegando lá.
    Um abraço cheio de carinho!

    Curtir

    • Oi Andreia, também caio em tentação rs. Mas todo bem, faz parte do aprendizado. O pessoal da propaganda e marketing são poderosos, sabem como trabalhar para que nossa mente seja influenciada. Que bom que gostou do blog. Te espero mais vezes por aqui. Beijos pra você!!!

      Curtir

      • Oi Yuka!
        Já li todo o blog e já reli vários textos. Muita gratidão por compartilhar conosco seu tempo, seu conhecimento e sua inteligência.
        Não perco a oportunidade de sempre indicar para pessoas que falam sobre algum assunto retratado aqui por você.
        Já está nos meus favoritos!
        Um beijo!

        Curtir

  2. Oiiii querida Yuka,

    Uau! como foi tua trajetória de estudos de línguas? troca de experiências é muito bom. Eu até o momento ainda não tive a disciplina de aprender outras linguas. Quem sabe, com tuas dicas, não me animo? rsrs.

    Bjos

    Curtir

    • Oi Mísia, a minha primeira língua foi o japonês. Meus pais me educaram em japonês e eu aprendi a falar o português na escola. Só que eu sou uma pessoa que não tem facilidades em aprender novas línguas, então no inglês, sou uma negação rsrs. Beijos.

      Curtir

  3. Oi Yuka, tudo bem?
    Uma amiga me indicou o seu blog e acabou que você e ele são meus queridinhos do momento. Me ajudam muito e eu decidi ler o seu primeiro post. Sobre o livro que você leu, ele tem alguma versão em pt? Ou tem algum livro equivalente a ele que você pode me indicar? Beijos ❤

    Curtir

    • Oi Marcella, infelizmente, não conheço nenhum livro como aquele em português. Mas tem o “Quanto Menos, Melhor”, do Leo Babauta. Ele não é parecido com esse em japonês, mas fala muito sobre a questão do minimalismo na vida. Você até me deu uma ideia… de repente me inspirar no livro e traduzir alguns trechos que gosto…. Um beijo pra você.

      Curtir

  4. Yuka,

    Apesar de acompanhar seu blog há tanto tempo, ainda não li seus posts mais antigos, mas vou começar a leitura.

    “Para mim, as coisas que são importantes são as coisas que não custam dinheiro, mas custam Tempo. O meu tempo hoje, são repletos de coisas que não são essenciais.”
    Penso como você, tanto que é um assunto sobre o qual escrevo bastante em meu blog. Assim como a saúde, o tempo é um dos bens mais preciosos que temos. Mas quantos tem realmente consciência disso?

    “Chegou a hora de pensar o que é essencial pra mim…”
    Pelo seu blog e por sua trajetória, percebo que cresceu muito, muito mesmo nesse sentido.

    Parabéns por sua trajetória, Yuka!

    Curtir

    • Oi Rosana, esse é o primeiro post que publiquei em 2013. Tantas coisas mudaram desde então… na verdade, mudei tanto, que uma pessoa que me conhecia e que não acompanhou a minha trajetória, não vai me reconhecer. Tenho a mesma essência e os mesmo princípios. Mas a convicção do meu modo de ver o mundo mudou, acho que ela se tornou mais crítica, mais aguçada. Sou muito grata por ter criado esse blog (pela insistência do meu marido), pois tenho um histórico do que aconteceu comigo, e junto comigo, algumas pessoas que acompanharam desde o início da criação do blog, que estão comigo até hoje. Muitíssimo obrigada pela força, Rosana. Um beijo pra você.

      Curtir

  5. Estou ansiosa esperando o POST de amanhã e resolvi vir mais uma vez vasculhar o blog… e fui muito bem recompensada por tanta coisa linda que li hj… Ainda mais numa semana de escárnio que estamos vivendo no Brasil! Precisava desse alento na alma.

    Curtir

    • Oi Célia, esse foi o primeiro post do blog 😍😍. Tantas coisas mudaram e ao mesmo tempo continuam as mesmas. Já já vai sair do forno o post do domingo, estava dando a última revisada, sabe que concordância não é o meu forte rsrs. Beijos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: