Rotina da casa com filhos

super mãe

Uma leitora pediu para que eu falasse um pouco mais sobre a maternidade e como cuido da casa.

Eu e meu marido, desde sempre, nunca tivemos alguém para limpar a nossa casa. Isso significa que quem fazia a faxina da casa (dos nossos pais) eram os próprios integrantes da família.

Crescemos e ambos cursamos faculdade em uma cidade do interior (onde nos conhecemos). Ou seja, morando em um lugar novo, sem os pais, precisávamos cozinhar, limpar a casa, lavar roupa, organizar as finanças e se virar nos 30 com pouco dinheiro. Tudo isso aos 17, 18 anos.

Morar longe dos pais desde cedo, nos fez compreender que, independentemente se gostamos ou não das tarefas domésticas, precisávamos fazer. Nós dois sabemos que o lixo não se esvazia sozinho, que o banheiro não se limpa sozinho, que as roupas sujas não vão para o cesto sozinhas e que se ninguém for ao supermercado e arregaçar as mangas e cozinhar, não teremos jantar.

Em casa não tem muito “meu serviço, seu serviço”. Tem dias que enquanto eu lavo a louça, meu marido dá banho nas meninas. Outras vezes, sou eu que dou banho nas meninas e ele lava a louça. Ele coloca a roupa para lavar à noite e eu acordo e vejo que tem roupa dentro da máquina. Então eu simplesmente estendo no varal antes de ir ao trabalho.

Quando estou cansada, ele me libera mais cedo das tarefas de casa e vou dormir, enquanto ele segura as pontas e deixa tudo pronto para o dia seguinte. Tem dias que ele está cansado, e digo para tomar banho e deixar as meninas comigo para ele descansar.

Durante a semana, minha mãe me ajuda a levar e buscar uma das nossas filhas, já que as duas estudam em escolas diferentes (não por vontade nossa, mas por vontade da Prefeitura – sim, duas crianças em duas escolas em bairros diferentes, não é fácil) e ainda quebra um galho em casa fazendo algumas coisas para nos ajudar. Mãe é mãe, né?

Nos fins-de-semana, gosto de organizar/planejar as atividades da semana. Enquanto meu marido dá uma geral na casa, eu faço o almoço. Enquanto ele passa a roupa, eu vou no supermercado. Enquanto ele lava o banheiro, eu brinco com as crianças.

Quando preciso focar em algo importante ou até mesmo estudar, ele leva as meninas para andar de bicicleta para que eu possa me concentrar.

Eu poderia passar a manhã toda descrevendo a nossa rotina de casa, mas alguns de vocês já devem ter matado a charada…

Nós nos importamos com o outro.

Esse é o segredo para a rotina da casa funcionar.

Em casa, não tem nada dividido.

Tem funcionado bem, e apesar de alguns dias a gente achar que não vai dar conta de tanta bagunça, de tantos brinquedos espalhados pelo chão, a gente vai se virando.

~ Yuka ~

13 comentários em “Rotina da casa com filhos

  1. Yuca, a rotina da minha casa é muito parecida com a sua. Eu e minha esposa dividimos as tarefas, não nos importando em fazer essa ou aquela tarefa. Cuidamos da casa e das crianças como elas são realmente: nossas, não há o meu e o seu. Mas infelizmente ouvimos muitos comentários do tipo: vc lava banheiro, lava louça, isso é coisa de mulher, e blá blá blá.
    Vivemos muito bem assim, cuidando do outro.
    Abraço.

    Curtir

    • Oi Gabriel, você sendo um homem, e escrevendo isso, me deixa muito feliz. Porque infelizmente a realidade da maioria das mulheres, é que as tarefas domésticas se tornam obrigação da mulher. Sua esposa não tem apenas um marido, mas uma pessoa que cuida dela. E posso te afirmar, que continuando assim, seu casamento tem tudo pra continuar dando certo. Um beijo.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Vc descreveu bem como são as coisas aqui em casa, esse revezamento, essa parceria. Mas é raro eu ouvir relatos assim. Os homens dificilmente assumem essa bronca. Como sou mãe de dois meninos, espero que o exemplo que tem em casa os faça serem homens/ maridos/ pais pró ativos !
    Um abraço

    Curtir

    • Oi Letícia, realmente, essa parceria que deveria ser tão natural nos dias de hoje, onde os dois trabalham, infelizmente ainda é função da mulher. A mulher fica com a parte mais pesada. Seus dois filhos irão ver sim o exemplo do seu marido. E isso será lindo de se ver. As futuras esposas dos meninos irão agradecer muito!!!! Beijos.

      Curtir

  3. Em casa a gente faz dessa forma tbm!! Não tem divisão exata de tarefas, depende do dia e da situação, mas sempre um colaborando com o outro, com o agravante de ainda trabalharmos em turnos diferentes, mas a prioridade é para que todos os dias haja tempo de brincarmos com nossa filha. Minha duvida é: Suas filhas ficam em horário integral na escolinha? Ainda não consigo lidar com essa culpa…

    Curtir

    • Oi Adriane, minhas filhas ficam em horário integral sim, não há outro jeito. Deu uma dorzinha no início, mas superei porque as creches municipais (pelo menos onde as minhas duas filhas frequentam) são ótimas, possuem diversas atividades como música, pintura, e as crianças não param de brincar e aprender, além da comida ser super nutritiva e variada. Tudo o que faz uma mãe feliz rsrs. Beijos.

      Curtir

  4. Oi, Yuka!

    Acredito que a leitora em questão seja eu! Rs

    Como você lida com a culpa materna? Tenho uma diarista para me ajudar, mas faço muitas coisas em casa e isso significa ficar menos tempo com a minha filha! Coloco a pequena para me ajudar e ela adora, mas mesmo assim me sinto culpada de não estar brincando com ela!

    Beijos!

    Curtir

    • Oi Aline, haha, é você mesma rsrs. Sobre a culpa materna, uma coisa que eu tenho aprendido (meu marido ainda está com dificuldades rsrs), é largar mão das coisas de vez em quando. Por exemplo, no fim de semana, geralmente a louça acumula de uma forma surpreendente. A gente toma o café-da-manhã, e ficamos enrolando na sala, depois começo a preparar o almoço (empurrando para o lado a louça da manhã, sim, é um absurdo, meu marido não sabe como consigo fazer isso). Depois do almoço, a gente costuma olhar a programação da cidade e dar um passeio. E dá-lhe mais louça acumulada. Saio de casa sem ter lavado a louça. Chega um momento, que vira uma pilha tão grande que nem sei por onde começar a lavar, mas faço isso para ter mais momentos com a família. À noite, depois que elas dormem, a gente dá uma ajeitada boa em casa. E isso acontece em outras áreas, como eu tomo banho com as minhas 2 filhas todos os dias. Acaba virando a maior diversão, elas amam. Só que tem um detalhe, não tenho aquela paz no momento do banho e muuuitas vezes, nem consigo manter a depilação em dia. Então é assim, Aline. O negócio é desencanar nas coisas que são possíveis. Beijos.

      Curtir

  5. Oi Yuka, que legal saber da experiência de vcs. Eu e o marido tb cuidamos da casa e da nossa filha sozinhos. Têm semanas que vai tudo bem, em outras nem tanto, mas cada um vai fazendo o que consegue 🙂 como dou aula à noite, a rotina noturna é por conta dele. De manhã estou em casa e daí é por minha conta. Somos uma família e trabalhamos como equipe.
    Falando de escola, conta mais da experiência com as escolas das meninas?
    Minha filha estuda em escola particular. No próximo ano quero mudá-la de escola, já visitei várias mas tenho pensado em mudar para escola municipal. Como tem sido por aí?
    Aliás, queria dizer que tenho comentado muito pouco por aqui, mas seus posts sempre são uma inspiração 🙂

    Curtir

    • Oi Bruna, eu tenho gostado demais da creche municipal. De verdade! Ambas as creches que as minhas filhas vão são boas, mas a da mais velha, é sensacional. A diretora é firme, a coordenadora pedagógica é presente, recebemos orientações de como agir em cada fase de crescimento das crianças, temos palestras de tempos em tempos de médicos e outros profissionais que a creche faz convênio, ela recebe muitos estímulos sensoriais, desenham muito, tem pintura, coordenação motora, usam muita criatividade com pouco dinheiro, não assistem televisão, nem permitem a entrada de comida de fora. Acompanho o cardápio semanalmente e fico muito feliz quando constato que elas comem melhor do que eu. A minha filha tem uma professora negra, acho isso fantástico. Quantos professores negros eu já tive na vida? Nenhum. A diversidade racial e socioeconômica é outra coisa que me agrada bastante. Fico impressionada de como virou comum as pessoas falarem mal das creches municipais. Eu, não tenho do que reclamar. Muito pelo contrário, só tenho a agradecer por ter tantos profissionais capacitados que cuidam dos nossos filhos enquanto precisamos trabalhar. Pergunte sempre para os pais que frequentam a creche, o que acham da escola, tente perguntar no horário da saída, pergunte para vários pais rs. Você terá uma noção boa se a escola vai ser boa para sua filha ou não. Eu não sei por quanto tempo minhas filhas ficarão em escolas públicas. Mas por enquanto, só agradeço pela oportunidade que elas estão tendo. Boa sorte, beijos pra você.

      Curtir

  6. Obrigada por escrever o post que pedi. Achei muito bonita a parceria entre vc e seu marido. Além do exemplo para suas filhas.
    A cada dia tenho adaptado uma rotina de limpeza que seja mais simples e que consigo levar. E se não dá fica p próxima semana. Rs.
    Bjos

    Curtir

  7. Aqui em casa meu companheiro não tem iniciativa alguma para as tarefas domésticas e isso me deixa muito chateada. Por outro lado, qualquer coisa que eu peça ele prontamente executa sem reclamar, qualquer coisa mesmo (lavar banheiro, louça, tirar o lixo, dar banho na filha, almoço). Quando falei que preferia que eu não tivesse que pedir, ele disse “mas é o meu jeito, e você sabe que eu não me incomodo em fazer qualquer coisa que você peça. Mas então faça uma lista de tarefas”. E eu fiz!
    E assim tem dado certo. Eu não peço, mas ele faz, poi segue a nossa tabela de tarefas direitinho.

    Curtir

    • Oi Verônica, nem todos tem a mesma iniciativa, mas achei legal que seu companheiro mostrou a fórmula que funciona para ele, e você fazendo as listinhas, os dois ficam contentes. Muito legal!

      Curtir

Deixe uma resposta para Pam Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: