Como organizar a bolsa de passeio de filhos pequenos

Quando se tem um bebê ou uma criança pequena (no meu caso, tenho os dois), é fato que precisamos nos organizar de forma que nada falte durante o nosso passeio.

Ao mesmo tempo que queremos levar tudo o que temos em casa por precaução, o volume e o excesso de peso, nos faz pensar duas vezes se realmente devemos fazer isso.

Para nós, que passeamos com as filhas sem ter um carro, temos 3 truques:

  • mochila confortável nas costas
  • carrinho de bebê
  • bolsa transversal

A MOCHILA

Esqueça outros tipos de bolsas. A mochila é indispensável para essa fase, onde as crianças ainda são pequenas e precisamos levar muitas coisas. Além de distribuir melhor o peso nas costas, permite ter as duas mãos livres.

O modelo que temos, compramos na Imaginarium:

Captura de Tela 2018-07-25 às 15.55.52

Ela é feita de tecido, leve, cabe muitas coisas e tem bolsos e compartimentos externos facilitando a organização.

Dentro da mochila, sempre que possível, utilizamos frascos menores:

– álcool em gel em pote pequeno;

– garrafinha de água (200ml);

– algumas fraldas (nossa caçula ainda usa);

– lenço umedecido (carregamos um pacote que já não esteja tão cheio);

– uma fraldinha leve para forrar a bancada na hora de trocar fralda;

– 1 muda de roupa extra para cada filha;

– guarda-chuva de alumínio, a mais compacta, fina e leve possível, também tem proteção UVA (comprei no bairro da Liberdade, em São Paulo);

 

– 1 paninho para secar a mão, limpar a boca, no fim, serve para qualquer coisa;

– algo para as meninas beliscarem, colocado em um recipiente pequeno. Também gosto de levar banana para uma emergência, é saudável, enche a barriga e não faz sujeira na hora de comer;

– um saquinho de lixo, assim, não preciso sair correndo atrás de uma lixeira.

Todos os itens são colocados SEMPRE no mesmo compartimento da mochila. Assim, sabemos que as fraldas estão na parte de trás da mochila, que a água está na lateral, o álcool em gel no bolsinho da frente e por aí vai.

A BOLSA TRANSVERSAL

Captura de Tela 2018-07-25 às 16.10.42

Na minha bolsa transversal (que é de tamanho médio) coloco o que é muito importante para mim, que não posso largar em nenhum momento:

– carteira (cartão do convênio médico, cartão de crédito, documento, etc);

– RG das meninas;

– chave de casa;

– celular;

– dinheiro;

– passe de metrô

– 2 protetores de assento sanitário (para a minha filha mais velha precisar usar o banheiro público, vai que…)

– algo que eu precise tirar com rapidez: se eu estiver indo para a rodoviária, são as passagens; se minha filha estiver resfriada, é um pacotinho de lenço.

O CARRINHO DE BEBÊ

No cesto que fica na parte de baixo do carrinho, deixamos sempre uma capa de chuva própria para carrinho de bebê (comprei o meu no Mercado Livre). Assim, se chover, as duas entram no carrinho e não se molham.

Captura de Tela 2018-07-25 às 16.13.37

A regra que reina para usar o carrinho basicamente são essas:

– durante o passeio, a mais velha já anda, então a bebê fica no carrinho;

– se a bebê dormir, entra no carrinho;

– se a mais velha dormir, ela dorme no carrinho;

– se as duas dormirem, a mais pesada fica no carrinho, enquanto a outra fica no nosso colo;

– a mochila fica sempre que possível, pendurada no carrinho;

– quando chegamos no destino (parque, biblioteca, etc), a mochila fica no carrinho, para não carregarmos peso. A gente fica de olho, mas se roubarem, paciência. Vou perder fraldas, paninhos, algumas peças de roupas, nada que me dê dor-de-cabeça. Por isso, tudo o que é importante está na bolsa transversal, que carrego sempre comigo. Decidimos desencanar mesmo.

Já perceberam que quem fica com o peso maior, é o carrinho. Lá, depositamos tudo e mais um pouco. Colocamos tanto peso, que precisamos até tomar cuidado para ele não tombar para trás, quando a nossa filha decide sair do carrinho sem avisar.

Utilizamos o Uber de uma forma bem eficiente. Para lugares próximos de casa, sai mais barato pegar o Uber do que ir de transporte público.

Desta forma, não há uma regra específica. Para cada passeio, avaliamos se levaremos o carrinho de bebê, o canguru, porque se há risco das duas dormirem, preferimos levar também o canguru – que vai pendurado (também) no carrinho de bebê, cobertor pequeno (para caso elas cochilarem), chapeuzinho para proteger do sol ou do vento, enfim, o que eu levo vai mudando conforme estação e também a distância do lugar.

~ Yuka ~

Anúncios

25 comentários em “Como organizar a bolsa de passeio de filhos pequenos

  1. Adoro sua organização! Também sou assim. Esse mês viajei com minha irmã e seus dois filhos, um de quinze é um de três, autista este, e sempre me organizava e na medida do possível organizava as nossas malas, porque ela não é tão organizada como eu. Não sei se fui muito chata, mas me espantava a falta de organização dela em não saber em que bolsa estava o remédio diário do menor, se atrapalhar na hora de procurar a fralda! Acho que organização facilita a vida!

    Curtir

    • Oi Silvia, a organização (pra mim, pelo menos rsrs) é tudo. Ele facilita, organiza, agiliza, otimiza a nossa vida tão corrida. Muitas das coisas que consigo fazer é por pura organização. Se não fosse isso, não conseguiria fazer metade. Fala pra sua irmã, pra guardar sempre as coisas nos mesmos lugares da bolsa, isso tem me ajudado muito, incluindo meu marido e minha mãe, que sabem exatamente onde fica cada item na mochila. Beijos.

      Curtir

  2. Olá Yuka! Ótimo post, veio muito a calhar pra mim!! Minha bebê completa hoje 25 dias e estou aprendendo o máximo de coisas que posso. Inclusive seu post sobre enxoval minimalista me ajudou muito. No meu caso não tive os meses da gestação para me preparar, pois optei pela adoção, então em um dia eu tinha uma vida descompromissada e estava em casa lendo e no outro já era mãe e tive que providenciar as coisas da bebê tudo de uma vez!! Imagina a loucura. Mas, como sei que bebês ganham muitas coisas, comprei coisas emergenciais para os primeiros dias e assim que os amigos e familiares souberam da chegada de minha filha, ganhamos praticamente TUDO!!!! Ela tem tanta tanta roupa que brinco que não precisarei comprar nada até os 18 anos dela rsrsrs. O problema é que minha casa agora está entulhada de coisas e ainda não tive tempo de fazer uma triagem e ir devolvendo/dando objetos que não usarei ou ganhei mais de um. Por exemplo, ganhei 3 esterilizadores de mamadeira mas havia comprado só mamadeiras auto-esterilizáveis, Estou um pouco incomodada com o excesso de coisas, mas continuo mantendo minha casa organizada. Pretendo destralhar tão logo tiver uma folguinha!! Abraços!!

    Curtir

    • Oi Camila, parabéns pela sua bebê. É assim mesmo, as pessoas costumam dar muitos presentes, principalmente nos primeiros anos de vida do bebê. Talvez seja uma boa vender no OLX, eu costumo conseguir vender bem rápido (rápido mesmo, no mesmo dia, ou em até 3 dias), já que coloco um preço bem justo. Assim, ajudo a pessoa que compra por um preço de banana, me ajuda nas finanças e ainda aproveito para destralhar a casa. Um beijo pra você.

      Curtir

  3. Yuka, que tal um post sobre minimalismo nos cuidados femininos (cabelo, maquiagem, depilação…)? Sou minimalista mas acredito que posso ser mais nesse quesito. Sou bem vaidosa comigo mesma, como economizar dinheiro/tempo mas continuar se achando bonita e com a autoestima elevada? Espero que considere minha sugestão. Beijos!!!

    Curtir

  4. Oi Yuka !! Tenho 2 filhos , 7 e 13 anos .Já fui muito atrapalhada nesse quesito passeio/viagens . Hoje acho que tenho aprendido um pouco com o minimalismo e está cada vez menos conturbado. Lendo seu post, fiquei pensando o quanto mais leve as coisas podem ser, acho que a cabeça da gente é que dificulta mais do que a realidade. E você vem e mostra que sim , é possível, com atitudes simples , que talvez eu nunca teria pensado em fazer. Grata por seu blog, tem me ajudado de uma maneira incrível !! =)

    Curtir

    • Oi Soraia, realmente, tenho tido muito essa consciência nos últimos anos de que nós é que dificultamos a nossa vida. A vida era pra ser simples, mas a gente vai colocando empecilhos, obstáculos e tornando as coisas cada vez mais difíceis. Criar filhos é a mesma coisa, era para ser mais fácil, mais simples, mas a gente vai dando nós na nossa vida que depois é muito difícil desatar. Tenho um livro que está na minha lista de leitura, se chama “O inferno somos nós”, do Leandro Karnal e Monja Coen. Depois que eu ler, comento se gostei. Beijos.

      Curtir

  5. Olá, Yuka. Quando li algum comentário seu onde disse que tem um iPhone, fiquei curiosa para saber qual é o modelo dele. Eu tenho o iPhone 4s há mais de dois anos, e estou sofrendo pois ele já não atualiza mais o iOs. Ou seja, tenho inúmeros aplicativos que não funcionam mais perfeitamente. Recentemente, fiquei sabendo que no próximo ano o Whatsapp também não irá mais funcionar no meu aparelho. Estou com uma tremenda dúvida entre comprar um iPhone mais atual ou de outro modelo inferior. Enfim! Qual é o modelo do seu celular?

    Curtir

    • Oi Fernanda, o meu modelo é o 5S. Por enquanto está funcionando bem, coloco vários aplicativos e não tem travado. O problema do iPhone é o preço, como essa marca é cara… eu não sei se quando o meu celular quebrar, se vou ter coragem de pagar um celular tão caro… Se for comprar um dessa marca, talvez seja interessante comprar 1 superior ao meu, que é o iPhone 6. Beijos.

      Curtir

  6. Yuka acompanho seu blog a mais de 2 anos e adoro suas dicas de organização e minimalismo. Estou aos poucos caminhando nesse processo. Se fosse possível gostaria que vc fizesse um post sobre a organização do quarto das suas filhas (brinquedos, roupas, móveis…). Depois de 2 meninos adolescentes estou com uma bebê de 4 meses que divide o quarto de casal comigo e meu esposo. Fico um pouco atrapalhada em como organizar as coisas dela de forma acessível sem parecer que está bagunçado.

    Curtir

    • Oi Manuela, você chegou a ver esse post aqui? Ele é mais antigo, mas talvez te ajude. Outras coisas que eu fiz, foi comprar caixas de madeira (bem bonitas) com rodinhas para colocar embaixo do rack da televisão. São três no total. Elas encaixam certinho. Lá dentro, eu escondo os brinquedos, pelúcias das meninas. Tem funcionado super bem. https://viversempressa.wordpress.com/2015/08/10/truques-para-aproveitar-e-organizar-espacos-da-casa-com-um-bebe-pequeno/

      Curtir

      • Oi Yuka, obrigada por ter me respondido. Já vi sim esse post antigo, mas toquei nesse assunto pq queria saber se tinha mudado alguma coisa na questão de arrumação, pois agora vc tem duas filhas. Gostei da ideia de adaptar locais para guardar misturado aos móveis mas de forma que não aparece o que está guardado. Preciso urgentemente aprender a fazer esses truques aqui em casa. Tem horas que parece que está tudo fora do lugar, mesmo estando no local que devem estar. Acho que o uso de caixas em que as coisas não ficam expostas, diferente de colocar apenas na prateleira ou em cima da cômoda, deve melhorar a sensação de ambiente desarrumado.

        Curtir

        • Oi Manuela, vou tentar descrever da melhor maneira o que eu fiz aqui em casa agora com alguns brinquedos a mais: 1.) comprei um rack na Mobly (https://www.mobly.com.br/moveis/paineis-para-tv?cagpspn=pla&spall_source=especiais&gclid=EAIaIQobChMIr_O454Dl3AIVDg6RCh3FIAEsEAQYBCABEgLB-vD_BwE&quickview=MO505RA84ZADMOB), então onde tem as gavetas, só tem brinquedos. 2.) Embaixo do rack, encomendei 3 caixotes de madeira com rodinhas na Marcenaria Asahi, da Elo7. Ele não é tão barateiro, mas a qualidade é impressionante. Não me arrependi nem um pouquinho. Dentro desses 3 caixotes, tem mais brinquedos escondidos, pelúcia, etc. (https://www.elo7.com.br/asahimarcenaria/loja). 3.) Também comprei na mesma marcenaria, uma prateleira para colocar livros infantis expostos na sala, na altura onde as meninas conseguem escolher os livros. Eu tinha encomendado em uma outra loja, mas sério, a qualidade era horrível, tive que devolver, e encomendei nessa marcenaria a prateleira multiuso (https://www.elo7.com.br/prateleira-multiuso-em-madeira-livro-brinquedos-decoracao/dp/) 4.) Ainda não fiz, mas mais pra frente, pretendo comprar 2 cama box baú para as meninas. Assim, elas terão mais espaço para guardar suas coisas. Atualmente, eu tenho uma cama de casal baú e é impressionante como aumenta o espaço de armazenamento. 5.) Ao invés de comprar móveis coloridos, tento comprar móveis que possuem linhas mais retas, minimalistas. Por exemplo, acabei de comprar uma mesa de centro transparente, de acrílico, que fica na sala. Essa mesa, servirá para as crianças brincarem de massinha, desenhar no seu caderno, mas a visita, nunca imaginaria que eu uso para esse fim (https://www.elo7.com.br/mesa-de-centro-em-acrilico-cristal-80×50/dp/9C5918). Estou na correria este mês por causa de umas novidades, mas se der, vou tentar fazer um post com as fotos, tá? Mas olha, minha casa também fica bem bagunçada. Não tem jeito, com criança é assim mesmo rsrs. Beijos.

          Curtir

          • Nossa quanta ideia legal! Aqui TB comprei uma cama box de cad com baú e estou aguardando a entrega dela essa semana. Espero que dessa forma sobre mais espaço no meu guarda-roupa pois tb fiz um super destralhe nas minhas roupas. Vou aproveitar para estudar quais outros espaços da casa podem ser melhor aproveitados. Beijos

            Curtir

  7. Querida Yuka muito obrigada por atender meu pedido, eu sabia que vc tinha dicas maravilhosas para compartilhar. Não tive tempo de comentar antes mas li e coloquei em prática o uso da mochila e da bolsa transversal e nessa madrugada precisei sair correndo com o bebê para a urgência, e não tem comparação de como foi mais prático utilizá-las. Fiquei com as mãos livres e o peso distribuído, além de ter todos os documentos necessários a mão na bolsa transversal. Me ajudou bastante. Desejo que a luz da sua sabedoria nunca se apague e que possa continuar iluminando outras mentes. Grande abraço!

    Curtir

    • Oi Luma, que legal que você já colocou em prática. É bem mais fácil mesmo, não é? Espero que já esteja tudo bem com seu bebê. Hoje fui passear, e como o dia estava chuvoso, coloquei além das coisas que sempre coloco, um guarda-chuva e um saquinho plástico para não molhar a minha bolsa. Na hora que começaram os primeiros pingos, nem precisei tirar da mochila, foi só abrir o zíper da minha bolsa rsrs. Um beijo pra você.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: