Um Natal sem tradições e sem estresse

papai_noel_praia

Olá pessoal.

Como passaram as festas de Natal?

Nestes últimos 3 anos, desde que passei a organizar a festa de Natal da minha pequena família, percebi que sempre ficava muito cansada à noite. Também pudera, as compras para abastecer a geladeira começavam 1 semana antes, as sobremesas eram preparadas no dia 23, e no dia 24 passava o dia inteiro cozinhando. Chegava à noite cansada, suada, nem dava vontade de me arrumar para comer. Acabava não aproveitando as conversas da hora da ceia por conta do cansaço.

E percebi que muitos dos nossos rituais natalinos foram importados de outros países:

  • Papai Noel com casaco pesado e suas renas, trenós: Suécia;
  • Pinheiro decorado com flocos de neve: norte da Europa;
  • Panetone: Itália;
  • Peru: EUA.

Por isso não vi problemas em criar os rituais da minha família.

Pensando nisso, este ano, ao invés de seguir a tradição, resolvi inovar. Trocamos a ceia pelo almoço, e a preparação da comida não podia ser mais simples. Ao invés de um peru, fizemos um churrasco. E na hora da tradicional ceia, fizemos um jantar gostoso, mas simples. Não houve bebida alcóolica, nem troca de presentes. O que teve bastante foi agradecimento pelas conquistas deste ano.

Conclusão: senti muito menos cansaço, já que a churrasqueira acabou fazendo o meu trabalho de cozinhar. À noite, deu tempo de sentar para conversar, assistir um filme e atender os telefonemas dos amigos e familiares. Achei muito menos trabalhoso e pude aproveitar melhor cada momento.

Definitivamente foi o meu melhor Natal.

Desejo a todos os leitores deste blog um fim de ano maravilhoso.

~ Yuka ~

Anúncios

3 comentários em “Um Natal sem tradições e sem estresse

  1. Oi, Yuka
    Espero que você e sua família tenham tido um lindo e santo Natal, com tudo o que ele representa : nascimento do Salvador, reflexão das nossas atitudes e pensamentos do último ano, paz, esperança …
    Não sei sobre sua religião ou religiosidade mas o Natal marca a data do nascimento de Jesus – portanto, a religião católica entra em foco no mundo inteiro e eu sou católica – e, devo dizer, de um ramo radical dessa religião, bem conservador, kkkkkkk , sou catóica apostólica romana – e se tem uma coisa que gosto é tradição. Então, penso que isso é da característica da personalidade de cada pessoa e eu sou uma pessoa que ADORO tradições.
    E o Natal é a época mais cheia de tradições (importadas de todos os lugares do mundo, é verdade) e simbolismos do ano.
    Mas, pelo meno para mim, o principal motivo de comemoração é mesmo o nascimento de Jesus; então, é imprescindível , nesse dia, para mim, de assistir uma missa, que é a razão de toda comemoração.
    A ceia e todo o resto é complemento; complemento que eu adoro – comida, troca de presentes, desejos de augures, felicidades, esperança de um novo ano mais feliz … Mas não sou ingênua de pensar que esse é o único motivo; claro que sei de toda parte comercial envolvida .
    Dei uma olhada no site SuaPesquisa.com e achei essa história do Papai Noel – me parece bem atual, até pela parte comercial – e, como disse, vai de cada pessoa, para mim, para minha personalidade, vejo muito significado .
    História do Papai Noel
    História do Papai Noel, o Natal, tradições natalinas, São Nicolau, Santa Claus, símbolos natalinos, as renas do Papai Noel, a moradia no Pólo Norte, festas natalinas .
    Papai Noel: um dos mais importantes símbolos do Natal
    O Papai Noel : origem e tradição
    Estudiosos afirmam que a figura do bom velhinho foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 280 d.C. O bispo, homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas.
    Foi transformado em santo (São Nicolau) após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele.
    A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.
    Até o final do século XIX, o Papai Noel era representado com uma roupa de inverno na cor marrom ou verde escura. Em 1886, o cartunista alemão Thomas Nast criou uma nova imagem para o bom velhinho. A roupa nas cores vermelha e branca, com cinto preto, criada por Nast foi apresentada na revista Harper’s Weeklys neste mesmo ano.
    Em 1931, uma campanha publicitária da Coca-Cola mostrou o Papai Noel com o mesmo figurino criado por Nast, que também eram as cores do refrigerante. A campanha publicitária fez um grande sucesso, ajudando a espalhar a nova imagem do Papai Noel pelo mundo.
    Atualmente, a figura do Papai Noel está presente na vida das crianças de todo mundo, principalmente durantes as festas natalinas. É o bom velhinho de barbas brancas e roupa vermelha que, na véspera do Natal, traz presentes para as crianças que foram obedientes e se comportaram bem durante o ano. Ele habita o Pólo Norte e, com seu trenó, puxado por renas, traz a alegria para as famílias durante as festas natalinas. Como dizem: Natal sem Papai Noel não é mesma coisa.
    Está é uma de muitas histórias sobre o Bom Velhinho .
    Beijo

    Soraya

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oi, Yuka! Fiquei feliz com sua publicação! Também penso que os rituais importados devem ser adaptados e simplificados. Nem todos da família pensam assim, mas aos poucos vão aderindo à ideia de que o importante é confraternizar!

    Curtir

  3. Nossas comemorações também são tranquilas por aqui. A troca de presentes de resume a um amigo secreto e a ceia a uma janta simples em família, cada um se encarrega de um prato e ninguém fica sobrecarregado. Antes fazíamos janta e almoço, mas agora jantamos com uma parte da família e almoçamos com outra(meus pais são separados). E nos últimos dois anos temos almoçado com amigos no dia 24, talvez seja uma nova tradição 🙂 este ano sobrou tempo até para assistir um filme de natal no netflix. Tranquilo do jeito que me faz feliz!
    Abraço,

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: